IComradio | Voltar ao Início

Jovens do semiárido piauiense integram rede de comunicação colaborativa

Jovens do semiárido piauiense integram rede de comunicação colaborativa
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Foi assinado na manhã desta terça-feira, 17 de julho, o termo de cooperação técnica e financeira entre o Instituto Comradio do Brasil, a Secretaria de Desenvolvimento Rural do Piauí (SDR) e o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) que integra a Organização das Nações Unidas (ONU), visando a articulação da Rede Viva o Semiárido de comunicação colaborativa. A Rede será formada por jovens agricultores/as familiares e membros de comunidades quilombolas.

A Rede Viva o Semiárido é uma ação que une os projetos Jovens Radialistas do Semiárido e Viva o Semiárido. Ela irá utilizar a plataforma NESTANTE, que congrega um aplicativo para IOS e Android voltado para a criação de causas e uma plataforma web destinada a sistematizar essas causas, encaminhar soluções e gerar pautas para os veículos de comunicação. A NESTANTE é uma ferramenta de comunicação colaborativa desenvolvida pelo Instituto Comradio do Brasil.

O presidente do Instituto Comradio, Jessé Barbosa, destaca que o aplicativo e a plataforma web são importantes, mas o essencial é o envolvimento e participação dos jovens no projeto. “Apesar de utilizarmos a internet como ferramenta, a centralidade deste projeto é a comunicação humana. 'Nestante' é o nosso jeito de dizer 'online'. O projeto precisa do envolvimento e da participação efetiva dos jovens, pois a mudança que queremos promover acontece na vida real e não na virtual. A internet será útil, mas não essencial”, ressaltou Jessé. Ele destacou ainda que a ideia da plataforma surgiu na Assembleia dos ex-alunos do projeto Jovens Radialistas do Semiárido e que eles formaram o Coletivo de Comunicação Cidadã para atuar com comunicação colaborativa.

Jovens do semiárido ganham ferramenta para comunicação colaborativa

A Secretária de Desenvolvimento Rural do Estado, Patrícia Vasconcelos, explica que o acordo já vem sendo trabalhado há muito tempo.  A novidade agora é a inclusão de um projeto específico com foco na comunicação. “Com a experiência que o Instituto Comradio já tem nessa área, a nossa expectativa é que os jovens sejam formados e preparados para atuação não apenas dentro do programa Viva o Semiárido mas também na busca da cidadania e na geração de emprego e renda. A gente fica muito feliz com essa parceria que se concretiza. Para nós é uma satisfação poder proporcionar essa parceria na qual a juventude será altamente beneficiada”, comemorou.

Para o diretor de inclusão produtiva da SDR e também diretor executivo do projeto Viva o Semiárido, Francisco Ribeiro (Chicão), o acordo de cooperação tem o objetivo de fortalecer o trabalho que é desenvolvido com a juventude. “Essa iniciativa vai capacitar os jovens beneficiados direta e indiretamente com o projeto Viva o Semiárido na área de comunicação e atuação em rede. Além disso, o aplicativo que está sendo desenvolvido vai nos ajudar a monitorar nossos projetos, possibilitando identificar os casos exitosos e bem-sucedidos e os possíveis problemas que possam surgir ou que necessitem de uma reordenação. A comunicação vai complementar as três outras grandes ações que já desenvolvemos: educação contextualizada, formação da juventude para o empreendedorismo e inclusão produtiva”, completou.

A coordenadora local do Programa País Brasil da Brücke Le pont da Suiça, Rosa Lídia, também participou do evento e ressaltou que o interesse maior com a nova parceria é garantir o fortalecimento das organizações que a Brücke Le pont apoia e que o Instituto Comradio do Brasil tem proporcionado harmonia ao projeto incluindo novos parceiros que fortaleçam o objetivo principal. “Essa é a ideia, que as organizações passem a agregar, junto ao seu portfólio de projetos, ações que sejam congêneres, que possibilitem uma mediação a ação da outra e, de uma certa forma, todas possam ganhar em eficiência, otimização de recursos e de pessoal”, afirmou.

Ela ainda lembrou que o Instituto Comradio tem um grande número de jovens que já passaram pela formação e que estão dispostos a atuar em colaboração. “Esperamos trazer esses egressos, dar voz para eles e dar espaço para que possam contribuir com o desenvolvimento local e sustentável para que possamos realmente cumprir o objetivo do projeto que é colocar a comunicação a serviço do desenvolvimento local”, finalizou Rosa Lídia.

Serão realizadas 5 formações, com 30 horas cada, para os jovens que irão produzir causas utilizando o aplicativo NESTANTE. A seleção dos jovens será feita pelo Projeto Viva o Semiárido nos territórios de desenvolvimento Vale do Sambito, Vale do Rio Guaribas, Vale do Rio Canindé, Serra da Capivara e Vale do Rio Itaim. As vagas serão limitadas a 24 participantes por curso.

O QUE SIGNIFICA NESTANTE

Palavra utilizada no idioma informal Piauiês. É uma contração da expressão “Nesse instante”. Remete à comunicação imediata, instantânea, rápida...Também à solução rápida e efetiva de uma causa. É o jeito piauiense de dizer “online”.

O QUE É COMUNICAÇÃO COLABORATIVA?

É compreendida como aquela que supera o consenso, apoia a constituição de canais de comunicação democráticos nas organizações e viabiliza a construção das significações. Ela possui como princípio a reciprocidade, que também é um princípio do diálogo, porém ultrapassa a compreensão de um contexto ou diferenças, pois este tipo de comunicação tem como caráter central a geração de conhecimentos coletivos a partir de informações compartilhadas.

A principal diferença entre a comunicação e a comunicação colaborativa é que esta última só funciona se a comunidade participar ativamente dela, enviando informações e construindo seus próprios sentidos. Outro pressuposto é que estas informações geradas pelas pessoas da comunidade são transformadas em conhecimento e servem para ampliar o debate sobre um determinado tema ou para apontar a solução para um problema.

Mais informações sobre o projeto pelo telefone: (86) 99934-2982

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Jovens do semiárido piauiense integram rede de comunicação colaborativa

Enviando Comentário Fechar :/