IComradio | Voltar ao Início

“Tenho orgulho de dizer que fui IComradio”

“Tenho orgulho de dizer que fui IComradio”
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Iago Sousa, começou a gostar desde criança do empreendedorismo e da comunicação, praticando a sua oratória nos movimentos sociais da igreja, e em diversos outros eventos que tinha a oportunidade de participar, até conseguir começar a trabalhar em uma rádio local na sua cidade, Alegrete do Piauí, ainda adolescente.

O comunicador relata que aprendia no dia-a-dia, com a prática, mas lhe faltava a técnica, a teoria. Dessa forma, o jovem diz ter visto no curso do IComradio a oportunidade de se qualificar, aliando a prática que ele já tinha com um teoria correta, repassado pelos profissionais do Instituto. E assim, no ano de 2011, Iago iniciou o curso de Rádio e TV na cidade de Picos, a mais de 73 km de distância da sua cidade.

“[...] e aí o curso serviu para isso, pra aliar a prática com a teoria, com técnica, com dados. Porque aquele trabalho que a gente fazia era mais um trabalho sem muita informação, sabe, que você mesmo inventou o seu modelo, o seu próprio método [...]”

Iago ressalta ainda, que além das técnicas aprendidas no curso o contato com outros profissionais da comunicação, tanto professores como seus colegas de curso já atuantes no mercado foi muito importante para o seu crescimento profissional.

Iago afirma que logo ao término do curso de Rádio e TV, no ano de 2012, conseguiu ser contratado como assessor de comunicação de uma prefeitura, possuindo, além de conhecimentos teórico-práticos o registro profissional de radialista, ou DRT, documento obrigatório para contratação em várias profissões. A sede de conhecimento do jovem Iago sempre foi uma de suas características e a busca de qualificação lhe fez retornar ao IComradio para cursar Publicidade no ano de 2015. 

[...] “me gabaritou, para logo após o curso assumir, em 2012 a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Alegrete do Piauí, e em 2015, após o curso de Publicidade assumi também a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Vila Nova, já dizendo que eu era radialista, com DRT registrado na carteira. Desde então, eu comecei a fazer assessoria [...] e foi surgindo à necessidade de escrever e fazer material” [...].

Essa necessidade de criação de material escrito, fez com que Iago fosse blogueiro em sites de notícias já consolidados, mas surgiu também a vontade de criar o seu próprio site. As pesquisa para a criação do seu próprio site levou Iago a estabelecer contato com Danilo Bezerra, então proprietário do site cidadesnanet, um dos maiores sites da região de Jaicós.

Danilo Bezerra, vendo a garra do jovem Iago, tanto no trabalho como na busca de conhecimento, convidou para estabelecem uma parceria e ampliarem a área de atuação dos serviços oferecidos pelo portal. Além da atuação no portal Iago criou mais duas empresas no ramo da comunicação. Na atuação com o portal, na regional  de Vila Nova, de responsabilidade do Iago, trabalham seis funcionário que atendem em torno de 15 municípios.

“Tenho orgulho de dizer que fui IComradio”

Iago coloca, que além dos conhecimentos que foram adquiridos no projeto Jovens Radialistas e da troca de experiências com os demais alunos, uma coisa que lhe marcou muito, foi o IComradio mostrar o semiárido como o lugar de potencialidades, onde os jovens não precisam de deslocar para os grandes centro para melhorar a sua qualidade de vida e renda, porque isso pode acontecer aqui.

“Essa história de que no semiárido não dá certo, essa história de que o semiárido é lugar de pobre [...] Eu sou a prova viva de que filho de agricultores analfabetos... mas a prova viva de que deu certo! De que dá certo!” 

Iago ainda coloca, que a equipe do IComradio foi ousada, em ir contra o pensamento o historicamente vigente, de colocar o semiárido como um lugar de pobreza e sem potencial e acreditar no semiárido como um lugar de potencialidades, onde é possível crescer e progredir e para Iago essa é uma missão que deve ser continuada.

Iago ressalta ainda o legado deixado pelo IComradio no sentido de proporcionar educação gratuita, para aqueles que assim como ele, não tinham dinheiro para investir em educação.

“[...] e o IComradio deixa esse legado de conhecimento, de ir buscar fora do Brasil para trazer um curso gratuitamente [...]”

Iago ainda se diz orgulhoso de ter cursado os cursos do Projeto Jovens Radialistas e ter o seu registro profissional na carteira.

“E os cursos do IComradio, por onde passo, tenho orgulho de dizer que fui IComradio, que eu sou radialista com formação na carteira registrada, tenho (o curso de) publicidade e eu já tinha a prática e aí eu venho com certificação, com diplomação. Eu posso provar, legalmente falando, até para contrato e licitações de prefeituras, que eu tenho capacidade técnica e tenho como provar isso através do que o IComradio me proporcionou”.

A busca constante do comunicador Iago pela melhoria dos serviços prestados e pela qualificação profissional, lhe rende bastante fruto e traz consigo também desafios, como é o de conseguir prestar assessoria a uma prefeitura que fica a mais de 150 km de distância da regional do site. Mas Iago afirma que apesar dos desfio o trabalho tem dado muito certo.

“Tenho orgulho de dizer que fui IComradio”

 

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOVIDADES! Acompanhe artigos, histórias de sucesso e vídeos! Cadastre-se agora mesmo!


 
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para “Tenho orgulho de dizer que fui IComradio”

Enviando Comentário Fechar :/